Hoje é dia de luta nas universidades estaduais do Paraná

Informativo 22/2017   –   15 de Junho de 2017
ADUNIOESTE
Sindicato de Docentes da Unioeste
(Seção Sindical do Andes – Sindicato Nacional)
www.adunioeste.org.br
ASSEMBLEIA GERAL DOS DOCENTES APROVA PARALISAÇÃO DIA 20 DE JUNHO E ADESÃO À GREVE GERAL DE 30 DE JUNHO

No último dia 14 de junho (quarta-feira) a Adunioeste realizou Assembleia Geral dos Docentes para repassar informes sobre a reunião realizada na Seti (dia 12 junho) bem como para discutir, dentre outros, os seguintes pontos: Paralisação Geral Unificada dos docentes e técnicos das Universidades paranaenses dia 20 de junho; adesão dos docentes à Greve Geral Nacional do dia 30 de junho.

Após os informes da Diretoria do sindicato e os debates foi deliberado:

1.      Paralisação dos docentes da Unioeste, em conjunto com as demais universidades, no dia 20 de junho (terça-feira).  Tal paralisação tem como objetivo demonstrar a oposição dos docentes ao sistema RH Meta 4 que pretende centralizar o processamento da folha de pagamento das universidades em Curitiba, num explícito ataque à autonomia administrativa e de gestão de pessoal das universidades, com o objetivo de retirar direitos dos servidores docentes e técnicos (promoções e progressões) garantidos na legislação estadual. Para tanto, os docentes deliberaram que a Administração Superior da Universidade não deve se submeter às pressões do governo estadual e não deve enviar a documentação solicitada pelo governo que viabilizariam a implantação do Meta 4 na Unioeste. Além disso, os docentes aprovaram que cabe ao governo, numa manifestação de disposição ao diálogo, enviar o projeto de lei à Assembleia Legislativa sobre o Tide docente com o objetivo de afastar qualquer interpretação dos dispositivos legais que possa descaracterizar o Tide como regime de trabalho;

2.      Adesão à Greve Geral do dia 30 de junho (sexta-feira). Tal greve, organizada por 9 centrais sindicais, tem a seguinte pauta: contra as reformas trabalhista e sindical e Fora Temer;

3.      Em relação à reunião do Conselho Universitário da Unioeste que irá ocorrer no próximo dia 20 de junho (terça-feira) foi deliberado que os representantes docentes deverão defender as seguintes propostas: não envio dos documentos solicitados pelo governo estadual que viabilizariam a implantação do Meta 4 na Unioeste; discutir a autonomia universitária de acordo com os conceitos defendidos pela Adunioeste e pelo Andes-Sindicato Nacional: a autonomia prevista na constituição Federal (art. 207) e na Constituição do estado do Paraná (art.180).

CONVOCAMOS OS DOCENTES NESTE DIA DE PARALISAÇÃO E LUTA A PARTICIPAR DA REUNIÃO DO COU NO DIA 20 DE JUNHO DE 2017!

VAMOS FORTALECER NOSSA INSTITUIÇÃO E DEFENDER A AUTONOMIA DA UNIVERSIDADE!

“UMA UNIVERSIDADE PODE SER AFETADA POR VÁRIOS TIPOS DE POBREZA. NÃO PODE JAMAIS SER POBRE DE ESPERANÇA, CARENTE DE OUSADIA, DESPROVIDA DE VONTADE.”

(Amílcar Gigante, Reitor da UFPEL 1989-1992)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s