Sociologia 4

Plano de Ensino

Ementa:

Estudo das principais abordagens da Teoria Sociológica Contemporânea que propõem a síntese de distintas tradições e visam  a superação de dicotomias clássicas das Ciências Sociais tais como objetivo e subjetivo, indivíduo e sociedade, ação e estrutura. Norbert Elias, Pierre Bourdieu, Michel Foucault. Formas didáticas apropriadas para ensinar estes conteúdos no ensino básico.

Objetivos

Gerais:
Propiciar ao estudante subsídios para a análise da produção sociológica contemporânea;
Tratar de questões da reflexão sociológica que estão em pauta no debate sociológico contemporâneo
Específicos:
O curso deverá suscitar, pela leitura e debate dos textos selecionados, uma reflexão sobre as principais sínteses teóricas inscritas no debate sociológico contemporâneo e sobre a obra de Michel Foucault

Metodologia

A – Métodos: o curso será ministrado por meio de aulas teóricas expositivas, leituras orientadas e discussão de textos em sala. previamente indicados previstos na bibliografia.
B – Recursos: textos e multimídia/ data show .
C- Apoio para acompanhamento do curso no blog da disciplina hospedado em : https://csociais.wordpress.com/

Critèrios de Avaliação

Duas prova escritas, individuais e dissertativas, , resultando no valor total de 70. pontos
Participação no Exercícios de avaliação de leituras ao longo do semestre, valendo 30 pontos

Programa de Curso

1-Principais sínteses teóricas inscritas no debate sociológico contemporâneo:

1.1- Teoria da Figuração de Norbert Elias

1.2-Teoria da Estruturação e Modernidade em Anthony Giddens1.

1.3-Pierre Bourdieu: Teoria da prática

2-Michel Foucault : a microfísica do poder: as práticas disciplinares e a sociedade de controle

3-Modernidade e Risco :Ulrick Beck

Bibliografia

BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo: Edusp; Porto Alegre: Zouk, 2007. Introdução, pp.:09-14; 1ª Parte: Crítica social do julgamento e do gosto, pp.:15-92; 2ª Parte: A economia das práticas, pp.:93-239; Conclusão. Classes e classificações, pp.:434-460; Anexo 1: Algumas reflexões sobre o método, pp.:461-476.
BOURDIEU, P. O poder simbólico. 2ed. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1998. Cap. 2 (Introdução a uma sociologia reflexiva).
BOURDIEU, Pierre. O senso prático. Petrópolis: Vozes, 2009. Livro 1, Prefácio, pp.:9-40; pp.43-:237
BOURDIEU, Pierre. Capital simbólico e classes sociais. Novos estudos. – CEBRAP[online]. 2013, n.96, pp. 105-115

ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Zahar Editor,1993, vol. 2, pp. 193-207.
ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Zahar Editor,1993-1994. Vol. 1, Cap.1: Da sociogênese dos conceitos de Civilização e Cultura, pp.:21-64; Cap. 2: A Civilização como transformação do comportamento humano, pp.:65-213.
ELIAS, Norbert. Escritos & ensaios 1: Estado, processo, opinião pública. Jorge Zahar Editor, 2006. Cap. 1: Conceitos sociológicos fundamentais, pp.:21-33; Cap. 7: Para a fundamentação de uma teoria dos processos sociais, pp.:197-231
ELIAS, Norbert. E SCOTSON, J. L Os estabelecidos e os outsiders. Rio de Janeiro. Zahar, (Introdução pp 19-50 e Observações sobre a Fofoca pp. 121 a 135)
FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. Petropólis, Vozes, 2007, pp.173-199.
FOUCAULT. Microfísica do poder, pp. VII-XXIII; 167-177.
FOUCAULT. História da sexualidade, pp. 75-123.
FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade. Martins Fontes, 2000. ( pp. 285-315)
GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1989. Introdução, pp.:XI-XXX; Cap. 1: Elementos da teoria da estruturação, pp.:01-31; Cap. 2: Consciência, self e encontros sociais, pp.:33-74;
GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1989. Cap. 3: Tempo, espaço e regionalização, pp.:88-117; Cap. 4: Estrutura, sistema, reprodução social, pp.:133-168.
GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade. São Paulo: Editora da UNESP, 1991.

Bibliografia Complementar:

CARNEIRO, Cristina M. Q. Estrutura e Ação: Aproximações entre Giddens e Bourdieu. Revista Tempo da Ciência ( 13 ) 26 : 39-47 2º semestre 2006.

COHEN, Ira J. (1999). “Teoria da Estruturação e práxis social”. In Teoria Social Hoje. Org. Giddens. A. e Turner, J. São Paulo: UNESP. Págs. 393-446.

ELIAS, Norbert. (2001) “Sobre o que aprendi”, “Tarde demais ou cedo demais. Notas sobre a classificação da teoria e da figuração”, in Norbert Elias por ele mesmo. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar, págs. 91-112; 144-163.

Entrevista com Giddens. Tempo Social. Revista de Sociologia. USP. Vol.10, nº 1, maio de 1998, págs. 121-128.

WAIZBORT, Leopoldo (org). (1999). Dossiê Norbert Elias. São Paulo: Ed. Da Universidade de São Paulo..


 

CRONOGRAMA  e TEXTOS DE LEITURA OBRIGATÓRIA

Dia 04 de abril

Apresentação do programa

Introdução

Tendências Mestras da Sociologia Contemporânea: uma nova agenda de discussão?

DOMINGUES, Maurício. (2003). Teorias Sociológicas no Século XX. Rio de Janeiro,  Civilização Brasileira .

Consequências da Modernidade. São Paulo: Editora da Unesp.

Leitura e escrita de textos de Ciências Sociais:

Como ler

11 de abril –   Principais sínteses teóricas inscritas no debate sociológico contemporâneo:

1.1- Teoria da Figuração de Norbert Elias

Leitura Obrigatória:

ELIAS, Norbert. E SCOTSON, J. L Os estabelecidos e os outsiders. Rio de Janeiro. Zahar, (Introdução pp 19-50 e Observações sobre a Fofoca pp. 121 a 135)

elias-norbert-os-estabelecidos-e-os-outsiders-Introducao

elias-norbert-observacoes-sobre-a-fofoca-in-os-estabelecidos-e-os-outsiders-p-121-a-135

18 de abril   Leitura Obrigatória:

ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Zahar Editor,1993, vol. 2, pp. 193-207.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador – volume II formação do estado e civilização

25 de abril   Leitura Obrigatória:

ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Zahar Editor,1993-1994. Vol. 1,  Cap.1: Da sociogênese dos conceitos de Civilização e Cultura, pp.:21-64; Cap. 2: A Civilização como transformação do comportamento humano, pp.:65-213.

vol1processocivilizadorvolinorbert-elias


Exercício 1  em sala de aula – valor 10 pontos

1- Conexão entre tranformações macro historicas na estrutura socila e tranformaçoes na estrutura da personalidade dos indivíduos. Identificar como essa questão é discutida por N. Elias.

2- Como Norber Elias discute sociologicamente a fofoca?


 02 de maio  1.2-Teoria da Estruturação e Modernidade em Anthony Giddens

Leitura Obrigatória:

GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1989. Introdução, pp.:XI-XXX; Cap. 1: Elementos da teoria da estruturação, pp.:01-31; Cap. 2: Consciência, self e encontros sociais, pp.:33-74;

Giddens, Anthony. A constituição da sociedade

Leitura Complementar

CARNEIRO, C. M. Q. Estrutura e ação: aproximações entre Giddens e Bourdieu.

CARNEIRO, C.ristina M. Q. Estrutura e ação: aproximações entre Giddens e Bourdieu. Toledo, Tempo da Ciência, 2º semestre, 2006.

09 de maio:    Leitura Obrigatória:

 GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1989. Cap. 3: Tempo, espaço e regionalização, pp.:88-117; Cap. 4: Estrutura, sistema, reprodução social, pp.:133-168.

16 de maio   Leitura Obrigatória:

GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade. São Paulo: Editora da UNESP, 1991.

GIDDENS, Anthony. As Consequências da Modernidade


Exercício2 em sala de aula dia 16/05- valor 05 pontos 

Redigir uma carta para um destinatário ficitício relatando suas impressões sobre as formas de comunicação atuais. Descreva e compare as mídias que voce mais utiliza para se comunicar.


30 de maio    AVALIAÇÃO

06 de junho 1.3- Pierre Bourdieu: Teoria da prática

Leitura Obrigatória:

BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo: Edusp; Porto Alegre: Zouk, 2007. Introdução, pp.:09-14; 1ª Parte: Crítica social do julgamento e do gosto, pp.:15-92; 2ª Parte: A economia das práticas, pp.:93-239; Conclusão. Classes e classificações, pp.:434-460; Anexo 1: Algumas reflexões sobre o método, pp.:461-476.

Bourdieu – A Distinção

13 de junho   Leitura Obrigatória:

Leitura obrigatória:

BOURDIEU, Pierre. Capital simbólico e classes sociais. Novos estudos. – CEBRAP, 2013, n.96, pp. 105-115

bourdieu-pierre-capital-simbolico-e-classes-sociais

20 de junho  Atividade Extra classe 

 

Dia 27 de junho-   aula de Prática de ensino   com o professor Asher

Dia 04 de julho  – Leitura Obrigatória:

BOURDIEU, P. O poder simbólico. 2ed. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1998. Cap 3 (Gênese dos conceitos de Habitus e Campo).

bourdieu-pierre-capital-simbolico-e-classes-sociais

Bourdieu – O Poder Simbólico.Cap3

Atenção excepcionalmente teremos aula na sexta-feira   dia 07 de julho ( permuta com aula de Prática de ensino)

Leitura Obrigatória:

BOURDIEU, P. O poder simbólico. 2ed. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1998. Cap. 2 (Introdução a uma sociologia reflexiva).

Bourdieu – O Poder Simbólico

11 de julho 

Unidade 2 -Michel Foucault : a microfísica do poder: as práticas disciplinares e a sociedade de controle

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. Petropólis, Vozes, 2007, pp.173-199.

foucault-michel-cap3-o-panoptismo-in-vigiar-e-punir-o-nascimento-da-prisao-p-173-199

18 de julho 

FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade. Martins Fontes, 2000. ( pp. 285-315)

foucault-michel-em-defesa-da-sociedade-pp-285-315

Leitura Complementar

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. Petropólis, Vozes, 2007

foucault-michel-vigiar-e-punirCompleto

25 de julho    Segunda  Avaliação



ATENÇÃO

EM RAZÃO DA PERMUTA COM O PROFESSOR GERALDO  DIA 01 DE JULHO A AULA SERÁ DE POLÍTICA

TEREMOS AULA  DE SOCIOLOGIA IV NA SEGUNDA-FEIRA 31 DE JULHO



31 de julho  Apresentações  do  trabalho 

Trabalho 1 / Unidade 2 

Valor: 20 pontos

1-Temática:  Gosto se discute: classes, distinção e estilo de vida

O objetivo do trabalho é fazer pensar por meio de imagens.

O trabalho deverá ser desenvolvido no dia 20 de junho, em grupos de, no máximo, três alunos,

Os alunos deverão refletir sobre a teoria de Pierre Bourdieu e buscar, por meio da fotografia expressar a temática proposta. Depois de fotografar a realidade social, deverão selecionar três fotos que melhor retratem a temática e apresentar o trabalho em sala dentro dos padrões pré-estabelecidos.

Dentre os trabalhos da turma serão escolhidos, três trabalhos para compor uma exposição na Semana Acadêmica de Ciências Sociais.

2-Padronização dos trabalhos o trabalho deverá ser apresentado atendendo os seguintes formatos:

Três fotos de autoria dos membros do grupo e atuais.

Plano de fundo: Cartolina preta

Tamanho das Fotos: 15 cm x 21cm com resolução mínima de 300 dpi .

As fotos podem ser editadas em programas como Gimp, Photoshop, etc., porém apenas será permitido alterar a nitidez, saturação da cor e brilho.

Normas para o texto:

Pequeno texto de apresentação e legendas (quando houver): no máximo 300 caracteres.

Os textos devem ser digitados em formato arial 16, negrito, caixa baixa em papel branco. Cor preto.

Para o título: deverá ser usado a fonte ARIAL UNICODE MS, caixa alta, negrito, cor preto, fonte tamanho 48.

3- Critérios para a pontuação-  os trabalhos serão avaliados nos seguintes quesitos:

Atendimento das normas;

Relação temática e fotografias;

Qualidade das fotografias (ângulo/criatividade, luz e nitidez)


09 a 15 de agosto:  Recesso Letivo

Exame Final  :  22 de Agosto